Contato com o
mercado de trabalho.

Os membros da CJE têm contato com o mercado de trabalho diariamente, através de projetos remunerados. Dessa forma, é possível desenvolver habilidades chave para seu futuro, lidando com cobrança e responsabilidade, além de aprender tecnicamente como desenvolver trabalhos de alta qualidade.

Desenvolvimento
técnico

O desenvolvimento técnico provido para os membros se inicia no ciclo de trainee e perpetua por toda sua estadia na empresa. Ao fazer parte da CJE, você recebe aulas, workshops, e eventos técnicos para se desenvolver. Além disso, como principal maneira de aprendizagem, todos podem colocar em prática o que aprenderam nos projetos e núcleos de estudo.

Desenvolvimento
profissional

O desenvolvimento profissional é uma mistura de aprendizado em hard e soft skills. Todos os membros contam com alta formação em ambos. E como principal objetivo da CJE, com esses, é possível desenvolver seus membros ao máximo para que esses se destaquem no futuro no mercado de trabalho.

Evolução da carreira

1. Trainee

Ao entrar na empresa, o membro passa por um ciclo de capacitação, o ciclo trainee. Nele são lecionadas aulas, são desenvolvidas análises macroeconômicas, produções de conteúdo e a elaboração de um Equity Research.

2. Consultor

O membro se torna consultor assim que é aprovado no ciclo trainee. Como consultor ele está tecnicamente apto a participar de projetos e núcleos de estudo.

3. Coordenador

O cargo de coordenador é uma posição meritocrática para membros que se destacam em seus respectivos projetos. Esse fica responsável por organizar, supervisionar e liderar um projeto na empresa.

4. Diretor

Os diretores são eleitos anualmente e possuem papel decisório na empresa e lideram suas respectivas áreas, elas são: Administrativo-Financeiro, Gestão de Pessoas, Institucional, Projetos e Vendas.

Ciclo de Trainee

O ciclo trainee busca dar a formação mais completa para seus membros para que esses estejam tecnicamente aptos para se tornar um consultor e assim realizar projetos e continuar seu ciclo de aprendizagem na CJE.

As atividades realizadas durante o ciclo são:

• Treinamento em finanças e economia: os trainees são expostos a um curso de aulas teóricas acerca dos principais temas de finanças e economia para desenvolvimento técnico.
• Análises macroeconômicas: atividade rotineira em que o trainee deverá elaborar uma análise macro econômica sobre alguns temas e essas serão usadas como insumo no Comitê de investimentos.
• Produções de conteúdo: outra atividade rotineira em que o trainee deve analisar notícias nacionais e internacionais ligadas à economia e mercado financeiro e elaborar um conteúdo a ser postado em nossas redes sociais.
• Equity Research: os trainees devem elaborar a análise de uma ação, a análise engloba: análise setorial, empresarial, financeira e um Valuation. Além disso, existe a oportunidade de apresentar sua tese no comitê de investimentos e dar um passo real na exposição daquela ação no CJE-FF.

Nosso Processo Seletivo

O processo seletivo da CJE ocorre semestralmente e é exclusivo para alunos da graduação da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, alunos matriculados de todos os cursos estão aptos a participar. Para saber quando abrem as inscrições fique atento a nossas redes sociais. O processo ocorre dentro dos conformes regulados pela Liga das entidades da FGV-SP (LIDEN) e é composto pelas seguintes fases:

1

Inscrição

A inscrição é realizada através de um link divulgado em nossas redes sociais e pela própria LIDEN. Podem se inscrever quaisquer alunos da FGV São Paulo, independentemente de seu curso ou semestre.

2

Prova de lógica e atualidades

A primeira fase é composta por uma prova de múltipla escolha, realizada em língua portuguesa, que é composta por uma prova de GMAT, ferramenta utilizada pela maior parte das instituições do mercado financeiro hoje, e uma de atualidades e questões sobre finanças básicas.

3

Dinâmica em grupo

A segunda fase consiste em uma dinâmica em grupo que pretende analisar a capacidade do candidato de trabalhar com outras pessoas e sob pressão. Algo que é muito importante para a CJE é que nosso processo agregue conhecimento aos candidatos, então a dinâmica é realizada com base em nossas atividades internas.

4

Entrevistas

As entrevistas pessoais têm como finalidade avaliar o interesse do candidato na empresa, algumas habilidades técnicas e principalmente seu fit cultural com o nosso. Para essa fase os candidatos devem redigir uma redação sobre um tema determinado pela CJE que é divulgado após a aprovação na dinâmica.